sexta-feira, 29 de outubro de 2010

SEMANA DE ESTUDOS TEOLÓGICOS 2010 - Faculdade de Teologia da Igreja Metodista

Terminou hoje, na FATEO, a SET 2010.

Infelizmente devido a compromissos em Piracicaba eu não pude participar deste importante evento dirigido pela Faculdade de Teologia da Igreja Metodista. Assim como indiquei na segunda-feira (imaginando que conseguiria participar ao menos por duas manhãs dos banquetes oferecidos) a Semana de Estudos Teológicos (SET) deste ano abordou o tema “Bíblia e Vida” na perspectiva do seu uso no cotidiano.

Como não pude participar, mas gosto de me manter atualizado quanto aos trabalhos realizados pela Fateo, lí a reportagem feita pela Suzel Tunes, assessora de comunicações da instituição, que de forma clara nos ajuda a compreender o quão rico foi o encontro. Pelo aperitivo oferecido pela Suzel, parece-me que o banquete foi maravilhoso. Parabéns aos organizadores/as, preletores/as e participantes da SET 2010.

Se você quiser degustar um pouco como eu é so clicar abaixo:

AUXÍLIO HOMILÉTICO - SERMÃO SOBRE A REFORMA PROTESTANTE

REFORMA PROTESTANTE
E
PROTESTANTISMO BRASILEIRO

Compartilho através deste pps alguns apontamentos sobre a reforma protestante do século XVI e o protestantismo implantando no Brasil. Meu desejo é que sirva como subsídio a pastores/as e professores/as de escola dominical, já que estamos às vesperas de celebrar 493 anos de Reforma Luterana (Protestante).

Não sei se você já preparou seu sermão ou sua aula para a escola dominical, mas que tal refletir sobre o atual estado da igreja cristã e perguntar se necessitamos de REFORMA. Se julgar que sim, responda quem e como fazer. A Reforma não deve ser um movimento de modismo e inovações a todo custo para encher igrejas e alimentar o ego de líderes religiosos. A Reforma da igreja deve levar em consideração o resgate dos princípios bíblicos para a vida do ser humano, e isto em todas as dimensões, não só em momentos cúlticos. 

Veja o material, se gostar indique para outros. Caso queira copiar alguns slides e resumir ou aproveitar em partes o que já preparei, fique à vontade. Meu desejo é que você aproveite da melhor forma este material.


Abraços de um amigo

Paulo

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

PARTICIPEI DO 2º DIA DA ix JORNADA WESLEYANA... UNIMEP

 MEMÓRIAS E DOCUMENTOS:
A pesquisa em educação metodista para o século XXI

Centro Cultural Martha Watts - IX Jornada Wesleyana

 
Hoje participei integralmente do 2º dia da IX Jornada Wesleyana promovida pela Faculdade de Ciências da Religião da Universidade Metodista de Piracicaba e o Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Metodismo e Educação (NEPEME), em parceria com o Grupo de Pesquisa Educação e Protestantismo do CNPq. Esta Jornada foi parte integrante do 8ª Amostra Acadêmica da Unimep. Fiquei feliz, porque vi outros irmãos e irmãs de minha comunidade local (Catedral Metodista de Piracicaba) participando do evento.


Max Monteiro, Cida Rossi e Ana Maria


MESA REDONDA
No período da manhã, após o momento devocional, ouvimos duas palestras.
 

A primeira palestra, proferida pelo Prof. Dr. HELMUT RENDERS (FATEO/UMESP), refletiu sobre o Credo Social da Igreja Metodista. Eu já tive a oportunidade de ouvi-lo trabalhar este tema em outros momentos, bem como já li alguns de seus textos, mas o interessante é que ele sempre apresenta aspectos novos sobre sua pesquisa quanto ao tema. Hoje, após apresentar as fontes históricas e teológicas do credo social, apontando principalmente o movimento do Evangelho Social, ele fez um destaque especial à interpretação dada pelo pastor Washington Gladden, que apresenta a religião como AMIZADE com Deus e com os homens. Esta percepção de que o cristão deve ter amizade para com o outro, não somente com Deus, fortalece a idéia de se ter um credo que possa declarar qual a visão cristã para a sociedade.


A segunda palestra, ministrada pelo Prof. Dr. ELIAS BOAVENTURA (PPGE/UNIMEP), com o título Conflito Institucional: Por que a Unimep e a Igreja Metodista não se entendem, apresentou como primeira hipótese para o conflito entre as duas instituições o fato de terem natureza e objetivos diferentes. Em sua segunda hipótese, afirmou que este “conflito não pode ser atribuído tão somente à capacidade dos gestores das duas instituições ou da deliberada intransigência da Igreja Mantenedora”. Fazendo uso das ferramentas próprias das ciências históricas, o Prof. Elias Boaventura defendeu a tese de que o conflito entre estas duas instituições é estrutural e se dá pela diferença de expectativas quanto ao projeto educacional a ser promovido na Universidade. Sua conclusão, a qual ele chamou de incloncusa, foi fenomenal: “Conversar, conversar até a exaustão. Que não podemos nos permitir, é o nosso confortável ninho, ou se quiserem, nossa agradável sina, da qual não podemos abrir mão, por estarmos fadados à instabilidade”.

DEBATE SOBRE A MESA REDONDA
Logo após as exposições, tivemos a oportunidade de dialogar com os preletores. Coordenou o debate o Prof. Ms. Luis Cardoso – Secretário Executivo do COGEIME. Foi um momento muito rico de troca de experiências e de aprofundamento dos temas apresentados.



PALAVRA DO REITOR - PROF. DR. CLÓVIS PINTO DE CASTRO




Após o debate, foi passada a palavra ao Prof. Dr. Clóvis Pinto de Castor, Reitor da Unimep que fez algums ponderações sobre as exposições feitas e as contribuições dos participantes.


PAUSA PARA O ALMOÇO


Alguns participantes almoçaram juntos em restaurante próximo ao CCMW.


APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS

Tal como no dia anterior, o período da tarde foi dedicado à apresentação de trabalhos por vários pesquisadores. Os resumos abaixo foram retirados do folder da Jornada. O primeiro a apresentar o trabalho foi Prof. Dr. Ismael Forte Valentin, sucedido pelo Rev. Omir Wesley de Andrade que após apresentar seu resumo convidou todos a cantarem algumas estrofes dos hinos apresentados em seu estudo. O terceiro a apresentar foi o Prof. Dr. Edivaldo José Bortoleto. O professor Helmut, que iria apresentar um trabalho, propôs que o professor Edvaldo fizesse uso do seu tempo para aprofundar sua exposição. Em comum acordo, os dois assumiram o tempo restante, apresentando de forma dialogal o tema, já que o prof. Helmut é um estudioso da teologia wesleyana. Foi um momento riquíssimo.


ISMAEL FORTE VALENTIN


Título: A Educação Metodista no Brasil e suas (in) tensões

Resumo: Tendo como fio condutor o binômio Educar e Evangelizar, o trabalho procura observar, entre outras, a motivação, a expectativa e a execução do projeto missionário da Igreja Metodista Episcopal dos Estados Unidos. Com base em artigos e matérias publicados no Expositor Cristão, ainda que não necessariamente representassem a opinião oficial da Igreja Metodista (apesar de ser o Órgão Oficial de comunicação, nos Registros das Conferências Anuais e nas Atas e Documentos dos Concílios Gerais da Igreja Metodista), esses são entendidos como palavra oficial da denominação e neles a pesquisa busca identificar a intenção missionária norte-americana em terras brasileiras a partir da segunda metade do século XIX.

 
OMIR WESLEY ANDRADE

Título: Os Hinos de Carlos Wesley e sua influência na hinologia do metodismo brasileiro

Resumo: O texto se propõe a examinar crítica e exegeticamente o conteúdo teológico da poesia de Charles Wesley nos hinos a ele atribuídos, e que constam do Hinário Evangélico. Este exercício, ao mesmo tempo de hinologia e de teologia, é feito a partir de uma análise exegética comparativa entre a tradução destes hinos e a poesia original de Charles Wesley. O texto constata, finalmente, que a hinologia metodista e, por extensão, aspectos fundamentais da própria Teologia do Metodismo – não é suficientemente conhecida pelo “povo chamado metodista” e propõe algumas “pistas missionárias” para suprir esta lamentável lacuna.


 
video
 
 
 
 
 
EDIVALDO JOSÉ BORTOLETO

Título: John Wesley e Afonso Maria de Leguori: a fé que se afirma no século das Luzes

Resumo: Estudo comparativo e de aproximação de dois pensadores do Século das Luzes: John Wesley e Afonso Maria de Leguori, num gesto de diálogo ecumênico. O objetivo é reconhecer que ambos sustentaram, cada um no âmbito de sua tradição religiosa e filosófica o pensamento patrístico e escolástico no século XVIII.



 VISITA AO NEPEME
O grupo foi convidado a visitar o nepeme, a sala Sante Uberto Barbieri e a exposição.



FOTOS

Hoje eu levei minha já surrada SONY para tirar algumas fotos do evento, porém, ontem, eu não estava com ela em mãos e só me foi possível disponibilizar as fotos na reportagem anterior graças aos estagiários do Centro Cultural Martha Watts, Lucas Bonatto Guerrini e Aline Cristina Basso, pessoas boníssimas e muito prestativas. Aproveito aqui para homenageá-los pelo trabalho realizado e agradecer a dedicação... PARABÉNS!


Lucas Bonatto Guerrini
Aline Cristina Basso
 
 
 
AGRADECIMENTOS À PROFA. DRA. ROSA MENEGHETTI
Agradeço a Professora Rosa pelo convite e lembrete desta importante Jornada... Valeu!!!

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

PARTICIPEI DO 1º DIA DA IX JORNADA WESLEYANA... UNIMEP

MEMÓRIAS E DOCUMENTOS:
 A pesquisa em educação metodista para o século XXI


Infelizmente não consegui chegar no início das atividades. Cheguei após a apresentação dos painelistas da manhã e aproveitei o momento de debates da mesa redonda. Sei porém, que houve um momento devocional dirigido pela Revda. Ana Glória e depois, então, a palestra dos painelistas.
Profa. Dra. Rosa Meneghetti (Coordenadora do Nepeme)
Revda. Ana Glória (Coordenadora da Pastoral Escolar)
Revmo. Bispo Paulo Ayres (Painelista)

Profa. Dra. Aline Zanata (Painelista)

Profa. Ms. Joceli Lazier (Painelista)
 
Pausa para o cafezinho

Prof. Ms. Luis Cardoso (coordenando Mesa Redonda)

Logo após, fui almoçar com alguns dos participantes.


Fiz algumas anotações, mas as próximas são do folder da Jornada.

No período da tarde participei integralmente da programação e assisti a apresentação de 3 trabalhos. Veja os resumos conforme folder distribuído.

Prof. Dr. César Romero

1) César Romero A. Vieira

Título: História e memória das organizações escolares protestantes no Brasil: Colégio Piracicabano (1881)

Resumo: Este trabalho está sendo desenvolvido no contexto de um projeto de pesquisa aprovado pelo CNPq. A primeira etapa centra-se no Colégio Piracicabano (1881), de tradiçãometodista, e justifica-se pela importância desta Instituição, além do fato de que o NEPEME – Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Metodismo e Educação abriga um arquivo histórico e documental em estado de boa conservação e em processo final de organização, o que facilitará muito a localização dos materiais de consulta e dos dados necessários à investigação.

Prof. Ms. Fernando Meneghetti
2) Fernando Krob Meneghetti

Título: O Processo Educacional Católico no Brasil do Século XVI

Resumo: Considerando-se o processo catequético como uma ação intencional com vistas à transformação cultural do indígena, o trabalho procura elucidar o quanto a educação indígena foi impulsionada pelos portugueses jesuítas. A discussão sobre a transformação provocada pelos portugueses nos indígenas, como imposição cultural, ressalta inúmeras práticas como, por exemplo, a implantação do trabalho escravo, a alteração dos costumes, crenças e valores, a aplicação de castigos, o uso das forças militares e a organização do sistema de aldeamentos, embora deixe claro, ao mesmo tempo, que o índio do século XVI não se amoldou passivamente à imposição portuguesa. O papel dos jesuítas neste processo foi fundamental.

Aline Basso
3) Alline Cristina Basso

Título: Práticas jurídicas e formas de amar na cidade de Piracicaba durante o inicio do século XX

Resumo: Um exame dos processos-crime, arquivados no CCMW, relativos ao inicio do século XX, traz à luz histórias de amor que emergem enquanto fontes para uma pesquisa histórica, considerados como testemunho de uma época. Trazem a público, um tema entendido como privado, onde personagens femininos exercem um papel notório. A pesquisa busca entender em que medida a prática jurídica teria conseguido interferir nas formas de amar dos populares na cidade de Piracicaba.

Salão de Exposições
Ao final fizemos uma visita ao Nepeme, à Sala de Exposições e à sala que abrigará o acervo do Bispo Sante Uberti Barbieri. Valeu foi um dia proveitoso... sai pela porta dos fundos do Centro Cultural Martha Watts, para pegar a Bia no Colégio. Fechei o dia com chave de Ouro.

Nepeme (Núcleo de Estudos e Pesquisa sobre Metodismo e Educação)
AMANHÃ TEM MAIS... AGUARDEM!!!

MINISTRANDO AULA DE MINISTÉRIO PASTORAL... Programa de Orientação Vocacional (POV 2010) - Instituto Educacional Metodista Bispo Scilla Franco (São José do Rio Preto)

Galerinha do bem... POV 2010... 4º Encontro em SJRP
Sexta-feira passada (22/10) tive a oportunidade de participar mais uma vez do Programa de Orientação Vocacional da Igreja Metodista, ministrando a disciplina Ministério Pastoral aos candidatos e candidatas matriculados no Instituto Educacional Metodista Bispo Scilla Franco, Turma 2010. Este foi o 4º e último encontro do ano e aconteceu nas dependências do Acampamento Metodista de São José do Rio Preto. Dentre os vários temas que trabalho na disciplina, uma frase emblemática que sempre repito é: “Melhor ser um/a leigo/a fiel e coerente ao chamado, que um/a pastor/a mediocre”. Procuro deixar claro que não há diferença em valor entre o ministério pastoral e outros ministérios da igreja. O pastor e o zelador são iguais em valores. Sua diferença está no serviço que prestam. Portanto, precisamos ter clareza de nossa vocação... de nosso chamado... de nosso ministério. Qual é o ministério que o Senhor nos confiou? O pastoral? Qual? Nossa tarefa durante o ano é refletir sobre nossa vocação. Muitos textos nos ajudam nesta reflexão.

IX JORNADA WESLEYANA... UNIMEP

MEMÓRIAS E DOCUMENTOS:
A PESQUISA EM EDUCAÇÃO METODISTA PARA O SÉCULO XXI


Começa hoje no auditório do Centro Cultural Martha Watts (CCMW), à rua Boa Morte, n.º 1257, Piracicaba, SP, às 9h a IX Jornada Wesleyana, promovida pela Faculdade de Ciências da Religião da Universidade Metodista de Piracicaba e o Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Metodismo e Educação (NEPEME), em parceria com o Grupo de Pesquisa Educação e Protestantismo do CNPq. Veja a programação:

Programa

Centro Cultural Martha Watts
Dia 27 de outubro (4ª. Feira)

MANHÃ

9h00

ABERTURA
- Prof. Dr. Ismael Forte Valentin – Diretor da Faculdade de Ciências da Religião (saudação)

DEVOCIONAL
- Pastora Ana Glória Prates da Silva - Coordenadora da Pastoral Universitária

ACOLHIMENTO

Apresentação do palestrante Bispo Paulo Ayres Mattos (a confirmar) pelo Prof. Dr. Elias Boaventura – Coordenador do Grupo de Pesquisa/CNPq Educação e Protestantismo

9h30
MESA REDONDA:
A Importância dos Centros de Memória e Documentação e das Políticas Institucionais de Arquivos para a preservação da memória metodista e para o estímulo à Pesquisa: Igreja e Instituições Educacionais.- Bispo Paulo Ayres Mattos Coordenador do CMM

- Reações:
Profa. Dra. Rosa Gitana Krob Meneghetti – Coordenadora do NEPEME
Profa. Ms. Joceli de Fátima C. Lazier - Coordenadora do CCMW

11h00
INTERVALO – café (Café Flora)

11h30
DEBATE SOBRE A MESA REDONDA
Coordenação: Prof. Ms. Luis Cardoso – Secretário Executivo do COGEIME

12h30
ALMOÇO


TARDE
14h00
Visita ao NEPEME, à Sala de Exposições e às dependências que abrigarão o Acervo do Bispo Sante Uberti Barbieri.

14h30
Apresentação de Trabalhos de Pesquisa (vide resumos no verso)

INTERVALO LIVRE – café (Café Flora)

16h30
Debate e Proposições Coordenação: Profa. Dra. Rosa Gitana Krob Meneghetti - Coordenadora do NEPEME

17h00
ENCERRAMENTO

Dia 28 de outubro (5ª. Feira)
MANHÃ
9h00

ABERTURA
- Prof. Dr. Ismael Forte Valentin - Diretor da Faculdade de Ciências da Religião (saudação)

DEVOCIONAL
- Pastora Ana Glória Prates da Silva - Coordenadora da Pastoral Universitária

ACOLHIMENTO
- Apresentação/convidados participantes da Mesa Redonda pelo Prof. Dr. Ismael Forte Valentin - Diretor da Faculdade de Ciências da Religião

9h30
MESA REDONDA:

Metodismo, Educação e Sociedade: o Credo Social da Igreja Metodista e as relações Igreja e Instituições Metodistas de Ensino

- Prof. Dr. Helmut Renders – FATEO/UMESP
- Prof. Dr. Elias Boaventura – PPGE/UNIMEP
- Reação: Prof. Dr. César Vieira

11h00

INTERVALO – café (Café Flora)

11h30
DEBATE SOBRE A MESA REDONDA
Coordenação: Prof. Ms. Luis Cardoso – Secretário Executivo do COGEIME

12h30
ALMOÇO

TARDE

14h00
APRESENTAÇÃO DE PÔSTERES

14h30
Apresentação de Trabalhos de Pesquisa (vide resumos no verso)

INTERVALO LIVRE – café (Café Flora)

16h30
Debate e Proposições

17h00
Avaliação e Entrega dos Certificados

COQUETEL

ENCERRAMENTO




segunda-feira, 25 de outubro de 2010

SEMANA DE ESTUDOS TEOLÓGICOS 2010

Bíblia e Vida: 
a palavra de Deus no cotidiano das comunidades de fé

Começa hoje na FATEO a SET 2010.

Partindo do princípio que a Bíblia é o veio mais profundo da fé, a Semana de Estudos Teológicos se propõe analisar a importância da Palavra de Deus no cotidiano das comunidades cristãs. Neste sentido, a SET abordará o tema “Bíblia e Vida” na perspectiva do seu uso no cotidiano e, assim, refletir sobre a importância da Palavra nos diversos momentos da vida cristã.

Quem pode participar?


A Semana de Estudos Teológicos é destinada a pastoras e pastores, estudantes de teologia, líderes em comunidades locais e pessoas interessadas no aprofundamento do tema.


Confira programação no Site da FATEO: CLIQUE

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

PALESTRA SOBRE HOMILÉTICA



Hoje pela manhã recebi um e-mail de meu amigo Rev. Tarcísio dos Santos comunicando que a Editora Fiel estava realizando a 26ª Conferência Fiel e transmitindo as palestras gratuitamente pela internet.

Ao acessar a página verifiquei a programação e me propus a assistir à palestra do Dr. Steven Lawson sobre sermões expositivos em João Calvino. O Dr. Lawson é autor de vários livros e dentre eles um traduzido para o português com o título A Arte Expositiva de João Calvino.

A palestra foi ótima. Ele apresentou 10 características dos sermões de Calvino. As anotações estarão à disposição no site, segundo informações. Para mim, uma palestra muito equilibrada e de grande relevância em tempos de fundamentalismo religioso.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

AOS AMIGOS... REV. MÁRCIO E ELAINE

Não posso deixar de agradecer aos meus amigos Rev. Márcio e Elaine pela acolhida no último final de semana. De forma muito especial pelo carinho com que trataram a Beatriz. Ela voltou encantada com o “TIO MÁRCIO” e a “TIA ELÉNE” (ela não consegue falar Elaine – hehehe). Forem momentos de muita paparicação e ela gostou muito. O Márcio começava a cantar uma música do desenho “Madagascar”... “eu me remexo muito” e dançar... e a Bia dava gargalhadas. Fiquei feliz porque depois quando conversamos no outro dia, quando já estávamos em Piracicaba, ela pediu para cantar uma música no telefone para o Tio Márcio, e cantou... “Alecrim dourado”. Essa música ela aprendeu na Escola para apresentar em data especial. Ela aproveitou e homenageou o “Tio Márcio”. A “Tia Eléne” brincava com ela e dava aquelas risadas “gostosas, que só a Elaine sabe dar... a Bia adorava. A Beatriz ficou encantada em ver a “Tia Eléne” dançando no grupo de coreografia. VALEU AMIGOS... eu, Valéria e Bia agradecemos o carinho de vocês.




REUNIÃO DE ORAÇÃO (19.10.2010)

Momento da Reflexão Bíblica

Nesta terça-feira, aproveitei a mesma estrutura do sermão que preguei no domingo de manhã em Marília, para dirigir a meditação da reunião de oração. Utilizei o texto bíblico de 2Reis 5.1-18, que narra a experiência de cura de Naamã, destacando a importância do testemunho pessoal de três personagens: 1) a memina escrava que trabalhava na casa de Naamã... “meu senhor deveria conhecer um profeta que existe na minha terra, ele pode curá-lo”; 2) Eliseu, junto ao rei... “ mande que Naamã venha até mim e verá que há PROFETA em Israel”; 3) Naamã, diante de Eliseu... “Não há outro Deus além do Deus de Israel”. Concluí a reflexão, dizendo que cada um aproveitou o lugar onde estava para testemunhar a sua fé. O lugar onde nos encontramos é o melhor lugar para testemunhar. Não precisamos esperar por um lugar especial... mais estratégico. Nós é que podemos aproveitar o lugar onde estamos para de forma estratégica testemunhar a nossa fé. Testemunhar com convicção e autoridade espiritual. Logo após este momento de reflexão bíblica, celebramos a Ceia do Senhor. Estas reuniões tem sido bênção!!!

Santa Ceia

VISITA A UM AMIGO – KID GON GON


Como minha estadia em Marília foi muito curta não tive tempo de visitar pessoas por quem nutro carinho e amor. Porém na hora de ir embora, já estava saindo para a estrada, resolvi passar na casa de um amigo do peito e ver se ele estava em casa. Minha alegria foi que ele estava e pudemos investir alguns minutos de prosa, depois de um abraço apertado. Estou falando de meu amigo e irmão Kid Gon Gon, Pastor da Igreja Evangélica das Nações. Ele era o Diretor da Rádio Gospel (107,7) quando eu fazia programas. Aprendi muitas coisas com ele. Posso dizer que o tempo passa, nossos cabelos branquejam, mas a verdadeira amizade sempre permanece. Nos reencontramos depois de 7 anos e parecia que tínhamos conversado no dia anterior. VALEU KID GON GON!!!

Raissa, Kid, Bia, Paulo e Lucas

terça-feira, 19 de outubro de 2010

VISITAS ESPECIAIS À PESSOAS ESPECIAIS (MARÍLIA)


Gostaria que o tempo me tivesse permitido visitar mais pessoas que pastoreei e atualmente encontram-se impossibilitadas de freqüentarem as atividades da igreja, porém o tempo me permitiu apenas duas. Transformo estas duas visitas em expressão de carinho e consideração a todos a quem não pude rever por  estarem momentaneamente impossibilitados de irem ao templo.

Os primeiros que visitei foram os irmãos Vicente e Nadir Aliseda. Como o irmão Vicente encontra-se acamado e a irmã Nadir é sua cuidadora principal, torna-se difícil sua ausência do lar. Fui visitá-los logo após o almoço do domingo. Como o irmão Vicente estava descansando, conversei apenas com a irmã Nadir, pessoa a quem nutro muito carinho e admiração. Depois de conversarmos um pouco oramos e nos despedimos com um fraternal abraço.

Na segunda-feira, no período da manhã, fui visitar a irmã Deolinda. Uma irmã que mora bem pertinho da igreja a quem acompanhei em muitos momentos de enfermidade, mas que agora estava sob uma cadeira de rodas. Ela, juntamente com a irmã Nadir Aliseda, foram minhas companheiras de visitação a muitas pessoas. Depois da emoção do reencontro,  conversarmos um pouco, lemos o texto sagrado e oramos. Acredito que a irmã Deolinda esteja com mais de 90 anos. Foi muito bom ter reencontrado está serva do Senhor.

Agradeço ao Rev. Márcio que me deu a oportunidade de visitar suas ovelhas e me acompanhou nesta tarefa ministerial. Oro por estas ovelhas e por outras que não consegui visitá-las. Meu carinho e cuidado.

FINAL DE SEMANA EM MARÍLIA - 81 anos da Igreja Metodista Central


VIAGEM PARA MARÍLIA

Neste final de semana tive a oportunidade de reencontrar vários irmãos e irmãs que pastoreei anos atrás. Foi um momento maravilhoso de congraçamento e amizade. Por nomeação episcopal, pastoreei a Igreja Metodista em Marília durante os anos de 1998 à 2003. Agora, após quase 7 anos depois, tive a alegria de participar das celebrações do 81º aniversário daquela comunidade.

Como a Valéria estava muito atarefada preparando sua qualificação para o mestrado, eu e a Bia viajamos sozinhos para Marília. Depois de ouvir todas as recomendações da mamãe, saímos de viagem. Ela foi uma ótima companheira de viagem... veja o quanto conversa (hehehehe).

Missionariazinha Bia na viagem de volta... que soninho.

SÁBADO À NOITE

Rev. Márcio
No sábado estiveram reunidos, juntamente com a aniversariante, as congregações metodistas do Jardim Aeroporto (Marília) e Garça, bem como irmãos de várias outras comunidades cristãs da cidade. Houve a participação do ministério de coreografia, que apresentou uma peça teatral e logo após uma bela dança. Para mim foi motivo de muita alegria ver que as meninas (pré-adolescentes) que deixei na igreja a alguns anos, agora já mulheres formadas (profissionais ativas) estão firmes na Casa do Senhor e integrando os ministérios de louvor, coreografia e arte... louvado seja o nome do SENHOR! Parabéns para Carol, Tati, Marcela e Aline. Não Poderia deixar de contar do reforço da irmã Elaine, esposa do Rev. Márcio, bem como da filhinha da Jaqueline... uma gatinha encantando o grupo de coreografia.

Bia e papai no momento do louvor
Grupo de Louvor da IMC de Marília
Ministério de Coreografia da IMC de Marília
Congregação no Momento de Louvor

Rev. Paulo
Nesta noite eu preguei sobre o Testemunho de vida de Eliseu frente ao casal sunamita (2Reis 4.8-10). Partilhei sobre a importância de vivermos de tal forma a impactarmos as pessoas que nos conhecem. O chamado foi a assumirmos o compromisso de viver uma vida de testemunho pessoal que leve as pessoas a reconhecerem que somos “homens/mulheres de Deus”.


Rev. Paulo e Rev. Márcio


DOMINGO DE MANHÃ (Sermão)

Rev. Paulo no Momento do Sermão

Rev. Paulo e Rev. Márcio
No domingo de manhã partilhei o texto bíblico de 2Reis 5.1-18, que narra a experiência de cura de Naamã. Na ocasião, seguindo a mesma linha de raciocínio do culto anterior, ou seja, destacar a importância do testemunho pessoal, destaquei no texto o testemunho de três pessoas: 1) a memina escrava que trabalhava na casa de Naamã... “meu senhor deveria conhecer um profeta que existe na minha terra, ele pode curá-lo”; 2) Eliseu, junto ao rei... “ mande que Naamã venha até mim e verá que há PROFETA em Israel”; 3) Naamã, diante de Eliseu... “Não há outro Deus além do Deus de Israel”. Baseado na seqüência acima, afirmei que a partir  do testemunho da menina outros tiveram a oportunidade de testemunhar sobre a graça de Deus.


Rev. Paulo e Beatriz


DOMINGO DE MANHÃ (Prof de Fé da Sabrina)

Rev. Márcio, Sabrina e Rev. Paulo

Maria José, Sabrina e Paulo Wesley (apresentação)

Momento de oração
Como parte do culto, tive a grata satisfação de cumprir um compromisso firmado com uma jovem. Hà  alguns meses ela me telefonou de Marília e disse que já havia cursado a classe de catecúmenos e que estava preparada para fazer a sua pública profissão de fé, mas que seu desejo era que eu oficiasse essa cerimônia. Na ocasião fiquei muito feliz e aguardamos a melhor data para agendarmos minha presença em Marília. A data chegou, foi no domingo passado. A jovem SABRINA, criança e pré-adolescente quando eu a pastoreei assumiu seus votos diante de Deus e da comunidade. Foi tremendamente gratificante participar desta celebração. Suas testemunhas foram os irmão Paulo Wesley e Maria José, que ela também escolheu há muitos anos. Sua professora da escola dominical durante muitos anos, a irmã Sueli, estava presente e participou junto ao altar. Louvo a Deus pela família e desejo bênção sobre todos: Carlos, Zenaide, Carlos César e Sabrina.

Momento de Oração


DOMINGO (almoço e sobremesa)

Mamamia - restaurante


Tive a oportunidade de almoçar, juntamente com o Rev. Márcio e a Elaine, com os irmãos Irani e Luis Varela. Fomos ao Mamamia... hummmm!!! Valeu!!! Estava uma delícia. Saímos de lá e fomos comer a sobremesa na casa de nossos irmãos Dielson, Vera e Fábio. Pude matar a saudade, também, desta família querida.



Casa do Dielson
Casa do Dielson

DOMINGO À NOITE (Momento do Louvor)


Momento de Louvor


Fiquei feliz por ver jovens e adultos engajados na ministração dos cânticos congregacionais. Ver a Tati e a Jaque se revezando no teclado, o namorado da Tati na bateria, a Carol no vocal e no pandeiro, a Marcela no vocal, a Jane no vocal, o Norberto no baixo e o Tiago no vocal e violão. Não poderia me esquecer dos sonoplastas, Daniel e Lucas, que manjam muito do assunto (som e imagem). Que turminha bonita, parabéns!!!


Momento de Louvor


DOMINGO À NOITE (Coreografia)


Ministério de Coreografia


Foi muito bom ver o ministério de coreografia em pleno funcionamento. Lembrei-me de quando iniciamos este ministério há alguns anos atrás. Nossa irmã Silmara que havia sido professora de balé, num processo de revitalização ministerial da igreja, procurou-me e disse que as adolescentes da igreja a havia procurado e pedido para iniciar um grupo de coreografia. Sua dúvida era se poderia, já que nossa igreja tinha um culto bem conservador. Aprovei a idéia, mas disse que iríamos ver a melhor oportunidade para a primeira apresentação. 
Elas ensaiaram e se prepararam por 8 meses, até a primeira apresentação. Apesar de muito bonita e acolhida pela grande maioria da congregação, alguns irmão ficaram chocados... demoraram mais tempo para absorver o novo ministério. Passado algum tempo o grupo conquistou seu espaço de tal forma que, chegaram mesmo a colocar um globo com luzes coloridas no templo, caixas de produzir fumaça e outros opcionais. Agora, passados alguns anos, vejo este ministério participando de forma integrativa da liturgia. Parabéns a todas que já participaram deste ministério, especialmente, parabenizo as atuais participantes.

Ministério de Coreografia 


DOMINGO À NOITE (Conjunto Musical)


Grupo Musical da Igreja Adventista de Garça


A celebração contou com a participação especial de um grupo musical da Igreja Adventista do Sétimo Dia da cidade de Garça (SP). Como sempre, os adventistas sempre compõem belos corais e quartetos. A participação do conjunto foi de grande enlevo espiritual para a igreja reunida.


Grupo Musical da Igreja Adventista de Garça



FESTA... salgadinhos, bolo, refrigerante e muito bate papo.


Depois do culto uma deliciosa confraternização no salão social da igreja... salgadinhos, bolo, refrigerante e muito bate papo. Foi um momento muito agradável de alegria e ação de graças. Parabéns à IMC em Marília pelos seus 81 anos de vida e missão.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...