sexta-feira, 15 de outubro de 2010

MOCIDADE METODISTA DA 5ª REGIÃO ECLESIÁSTICA... uma palavra pastoral

Alegra-te, jovem, na tua juventude, e recreie-se o teu coração nos dias da tua mocidade; anda pelos caminhos que satisfazem ao teu coração e agradam aos teus olhos; sabe, porém, que de todas estas coisas Deus te pedirá contas
(Ec 11:9)



Fiquei muito feliz e emocionado ao receber o cartaz acima. É bonito ver a mocidade metodista da 5ª Região Eclesiástica se comprometendo a cada dia com uma vida de oração. Em tempos de tantas opções de diversão, encontrarmos jovens que se propõem  a dedicar tempo em oração e intercessão é um achado. Louvo a Deus pela Federação da 5ª RE e dirijo algumas palavras no desejo de motivar os jovens a viver de forma equilibrada diante de Deus e dos homens.

Tive oportunidade de passar minha adolescência e juventude na Igreja Metodista de Poços de Caldas. Lá tive minhas primeiras experiências de fé. Realizávamos muitas reuniões de oração e vigílias. Cultos evangelísticos e momentos de confraternização. Lá, Deus usou muitas pessoas para moldar minha vida.  Desejo que Deus use pessoas para ajudar a cada jovem e juvenil de nossa amada Igreja Metodista a serem bons cristãos... crentes equilibrados... nem fanáticos, nem libertinos.

No texto acima, vemos que a vontade de Deus para o Jovem é que ele tenha prazer em viver. Deus jamais chamou os jovens para serem “caretas”. A vida cristã autêntica não é um culto à monotonia  ou ao sadomazoquismo. Infelizmente, ao analisarmos a história da igreja cristã, vemos as denominações colocarem um “jugo doutrinário” muito pesado sobre a mocidade. Exigem padrões em usos e costumes, que os próprios adultos (na maior parte casados e estabelecidos) não conseguem carregar.

Precisamos de um retorno a Bíblia. Deus quer uma mocidade cristã alegre e feliz. Pessoas saudáveis, gozando e desfrutando dos prazeres da vida. Não devemos viver uma vida medíocre, sublimando o prazer da juventude.  A vontade do nosso Deus é que vivamos prazerosamente neste momento da vida. Mas para entendermos melhor o que é viver prazerosamente a juventude, precisamos dar um valor especial ao que diz o final do nosso versículo: “...sabe porém, que de todas estas coisas Deus te pedirá contas”.

A liberdade de gozarmos nossa juventude, vem pautada pela responsabilidade. A Palavra de Deus nos desafia a sermos responsáveis por todas as nossas atitudes. Precisamos entender qual é a vontade de Deus, e aí sim, seguramente vivermos os prazeres da mocidade. O apóstolo Paulo nos adverte: “todas as coisas são lícitas, mas nem todas convém; todas são lícitas, mas nem todas edificam” (ICo 10:23).

Queridos jovens, quero desafiá-los a viver com prazer a vida que Deus lhes deu. Mas, não se esqueçam de ser responsáveis. Termino minhas palavras, desejoso que vocês se apropriem do que João escreveu: “Jovens eu vos escrevi, porque sois fortes, e a palavra de Deus permanece em vós, e tendes vencido o maligno” (IJo 2:14b).

Assim Seja!

2 comentários:

  1. Valeu Pr. Paulo! Realmente a nossa mocidade precisa de nosso apoio e motivação. Nossa geração teve um despertamento maravilhoso que resultou em compromisso missionário. Sou muito grato a Deus porque pessoas investiram em nossas vidas. Parabéns pelo artigo

    ResponderExcluir
  2. Pastor Paulo,
    É a primeira vez que faço uma visitinha por aqui...mas estou muito feliz! Temos sim jovens "normais", pessoas que entendem que não são perfeitas, mas interessadas em buscar a santificação,
    Precisamos dobrar mais nossos joelhos e clamar a Deus por nossa geração, a quem pertence o futuro que Deus há de conceder.

    Obrigada pelo apoio, por ser sempre tão prestativo! Sem dúvida um exemplo para demais pastores.

    Em nome de Jesus faremos a diferença!

    Um forte abraço,

    Cassia Gomes

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...